ITABIRA
COMBATE À PEDOFILIA
Audiência decide formar comissão de enfrentamento à pedofilia em Itabira
06/12/2017 às 18:29:18
ITABIRA (MG) - Participantes da Audiência Pública realizada na noite desta terça-feira dia 05 de outubro, na Câmara Municipal para debater os crimes de pedofilia e abuso sexual em Itabira decidiram montar uma comissão de enfrentamento, que definirá ações a serem tomadas ao longo do próximo ano, como forma de prevenir e combater este tipo de crime no município. A sugestão foi dada pelos vereadores Paulo Soares de Souza (PRB) e Weverton Andrade “Vetão” (PSB). 
A comissão será formada por membros de diversas instituições, principalmente àquelas representadas na audiência pública, como Câmara Municipal, Prefeitura, Igrejas Evangélica e Católica, Comissariado da Infância e Juventude, Associação Filadélfia, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Centro de Referência Especializada da Assistência Social (Creas), dentre outras. A decisão em montar este grupo foi colocada em apreciação e aprovada pelo público participante. Agora, segundo a organização, um encontro será marcado nos próximos dias para traçar as metas e as primeiras ações para 2018. 
Durante o encontro, que durou cerca de duas horas e meia, várias debates foram levantados e muitas ações discutidas, principalmente como forma de prevenir estes crimes no município. Responsável pela abertura da audiência, a psicóloga Cláudia Bragança Costa e Moreira, da Secretaria Municipal de Educação (SME) explanou a respeito da pedofilia e do abuso sexual e destacou a grande dificuldade de traçar o perfil de pessoas que possuem este transtorno. Em sua apresentação ela distinguiu o abusador do pedófilo. 
“Nem todo pedófilo é abusador, nem todo abusador é pedófilo. O abusador comete a violência sexual, o pedófilo é uma pessoa adulta, homens e mulheres, que têm preferência sexual por crianças, meninos ou meninas do mesmo sexo ou sexo diferente”, explicou ela. 
A psicóloga também falou da importância dos pais estarem atentos à reações das crianças, para descobrirem possíveis situações de abuso. De acordo com ela, é muito comum a criança mudar o seu comportamento ao ser abusada sexualmente. 
“As reações mais comuns são a regressão, como agarramento excessivo, não conseguir ficar sozinho, quer atenção o tempo todo e age como um bebê. Começa a ter medo ligado ao trauma, como de ser tocado, de movimentos súbitos, de pessoas estranhas”, listou ela. 
Os vereadores Paulo Soares e Weverton “Vetão”, avaliaram a audiência positivamente. De acordo com eles, tanto a participação popular quanto dos convidados foram satisfatórias, principalmente a formação de uma comissão de enfrentamento a estes crimes. 
“Foi um trabalho de união, onde trouxemos um assunto de extrema importância, que nunca foi abordado desta forma, a comissão que se formará terá muito trabalho e eu acredito que o ponto positivo é mostrar a população a importância de discutir o bem estar das nossas crianças e adolescentes”, afirmou Vetão. 
Para o vereador Paulo Soares, a participação das instituições foi um grande diferencial do encontro e enriqueceu os debates. 
“O debate foi muito rico, tivemos vários segmentos debatendo o tema e nos surpreendemos com a participação, quero parabenizar a proposta de criar a comissão, inclusive com o a participação do Poder Executivo e com os grupos religiosos, vamos juntar todo mundo, ouvir as pessoas e melhorar o pilar da família itabirana”, disse ele. 
 
 




ÚLTIMAS NOTÍCIAS
SAIU PARA SE TRATAR
17/10/2018 às 16:59:35 Homem em prisão domiciliar é preso com garrucha nas ruas do bairro Fênix

SEIS MORTOS
15/10/2018 às 16:18:10 Acidente entre Van e carreta deixa 11 feridos e seis mortos na BR-381

TENTATIVA DE HOMICÍDIO
14/10/2018 às 15:40:37 Paulinho Balão capota Ford Ka após ser baleado nas costas

COLISÃO FATAL
13/10/2018 às 15:07:16 Motoqueiro morre e passageiro fica gravemente ferido ao bater em caminhão

MÁSCARA DO CAPETA
12/10/2018 às 13:04:33 Criminoso usando máscara do “capeta” rouba Ford Ka no Vale do Sol e depois abandona o veiculo na Pureza

TIROS NO FÊNIX
11/10/2018 às 12:18:37 Três casas são atingidas por tiros disparados por criminosos no bairro Fênix

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
09/10/2018 às 13:40:15 Homem é suspeito de estuprar a neta de apenas cinco anos em João Monlevade









© FATOS DE MINAS 2018. Todos os Direitos Reservados. WEBMAIL
CNPJ: 30.223.105/0001/70
E-mail: contato@fatosdeminas.com.br |
Contato