ITABIRA
POLIOMIELITE E O SARAMPO
Campanha de vacinação em Itabira deverá imunizar 5.764 crianças contra a pólio e o sarampo
31/07/2018 às 07:38:45

ITABIRA (MG) - Começa no dia 6 de agosto e segue até 31 de agosto a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo. Em Itabira, a imunização será feita em todas as unidades de saúde que possuem sala de vacina, das 8h às 16h. O Dia D, quando todas as unidades estarão abertas das 8h às 17h, ocorrerá em 18 de agosto. A meta é que sejam imunizadas 5.764 crianças.

A campanha terá como público-alvo crianças com idade a partir de 1 ano até menores de cinco, independente da situação vacinal. No caso da tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola, somente serão imunizadas as pessoas que não completaram o esquema de vacinação.
Conhecida também como paralisia infantil, a poliomielite é uma doença contagiosa causada por vírus. A vacinação e considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a única forma capaz de erradicação da doença.
O sarampo também é uma doença viral, infecciosa e transmissível. A propagação pode ocorrer de forma direta, por meio de tosse, espirro, falar ou respirar e pode ser evitada por meio da vacinação. A doença foi uma das principais causas de mortalidade infantil no país e pode deixar sequelas neurológicas. O vírus provoca manchas vermelhas no corpo, febre alta, tosse, coriza, conjuntivite e pontos brancos na mucosa bucal.
Recentemente, o Ministério da Saúde divulgou que o Brasil diversos casos confirmados de sarampo e que o país enfrenta surto em dois estados: Roraima e Amazonas. Até meados de julho, já haviam sido confirmados 444 casos da doença no Amazonas e 216 em Roraima. Outros 2.689 estavam em investigação nos dois estados.

Para Thereza Cristina Oliveira Andrade Horta, superintendente de Vigilância em Saúde, é muito importante que pais e responsáveis fiquem atentos e vacinem suas crianças. “A volta do sarampo representa um retrocesso muito grande. A doença só voltou porque encontrou pessoas que não estavam vacinadas. É muito importante termos a consciência de que não existe doença do passado. Todas elas podem voltar a qualquer momento. Por isso, precisamos estar imunizados, tomar todas as vacinas, incentivar as pessoas a se protegerem, atualizar sempre o cartão de vacinas dos pequenos e manter longe de nós as doenças. E ainda reforço, parafraseando uma importante infectologista brasileira: vacinar-se não é questão de opinião, opção, nem um direito individual. É uma obrigação do cidadão e um dever de todos os pais”, finaliza Thereza Andrade.
Fonte: Prefeitura de Itabira – Foto: Internet





ÚLTIMAS NOTÍCIAS
COLISÃO FRONTAL
22/06/2019 às 23:48:15 Hyundai I-30 sai na curva e bate de frente com VW Polo deixando dois feridos

TENTATIVA DE HOMICÍDIO
22/06/2019 às 13:18:10 Homem é baleado nas costas em frente à escola no João XXIII

ARMADO COM REVÓLVER
22/06/2019 às 13:14:39 Homem é detido por porte ilegal de arma de fogo e alega que achou o revólver

TRÁFICO DE DROGAS
21/06/2019 às 01:46:12 Rocca e PM de Santa Bárbara apreendem drogas e rádios comunicadores em mata

PRESO EM FLAGRANTE
19/06/2019 às 15:25:05 Homem é preso após furtar VW Fusca e tentar furtar outros veículos na vila São Geraldo

PANE NOS FREIOS
14/06/2019 às 15:20:24 Caminhão carregado com areia capota na estrada do Forninho

OPERAÇÃO SOCORRO
13/06/2019 às 09:26:57 Polícia Civil e Militar prendem suspeitos de furtos em áreas evacuadas em Barão de Cocais









© FATOS DE MINAS 2019. Todos os Direitos Reservados. WEBMAIL
CNPJ: 30.223.105/0001/70
E-mail: contato@fatosdeminas.com.br |
Contato